banner3

Protocolos

Venha conhecer alguns dos protocolos estabelecidos pelo nosso sindicato!

Distribuído por todo o país temos protocolos com várias entidades na área da saúde, da cultura, do aluguer de viaturas, do turismo, do ensino, dos seguros, na área financeira, entre outras áreas.

 

image

Sindicaliza-te

O Sindicato dos Oficiais de Justiça (SOJ) representa só Oficiais de Justiça e é um Sindicato reactivo e proactivo. Entendemos a acção sindical com o sentido de responsabilidade e independência, que subjaz do espírito da Constituição da República Portuguesa. 

 

image

Novo Banco de Permutas

Espaço dedicado a todos os Oficiais de Justiça. 

Registe-se no nosso banco para fazer o seu pedido, agora ainda mais fácil. Pode ainda participar no fórum de discussão onde pode trocar informações e opiniões.

NOTA DE AGRADECIMENTO - GREVE

Share on Facebook

 

O SOJ enaltece a forte adesão à greve dos Oficiais de Justiça. A adesão demonstra, de forma inequívoca, que os Oficiais de Justiça estão mobilizados para defenderem a carreira e exigem as condições necessárias para a exercer, em prol da Justiça.

Importa salientar que, dia 02 de fevereiro, encerrada essa jornada de luta – após as 17h00 –, o SOJ entregou ao Ministério da Justiça, representado pelo Chefe de Gabinete de Sua Excia. a Senhora Ministra da Justiça, nomeadamente na pessoa do Dr. Henrique Ataíde Rosa Antunes, as reivindicações que motivaram a greve, tendo reclamado a calendarização, negociação e assinatura, num urgente compromisso negocial, por todos desejado, a Bem da Justiça.

O Senhor Chefe de Gabinete informou que, nos próximos dias, será apresentada uma proposta. O SOJ considera que, encerrada a jornada de luta, compete ao Governo abrir espaço à concertação social. Contudo, tal como se reclama a calendarização e compromissos negociais, é essencial ponderar o tempo das respostas. Os Oficiais de Justiça assumiram um custo elevado com a greve – 3 dias – e esse esforço deve merecer o respeito de todos.

Continuar...

DESPACHO DO TRIBUNAL ARBITRAL

Share on Facebook


Temos sido informados de que os serviços estão a fazer, neste momento, uma interpretação abusivado do Acórdão do tribunal arbitral.

Pese embora o SOJ tenha solicitado um conjunto de esclarecimentos, que foram indeferidos, sempre foi esclarecido que, para garantir os serviços minimos é fixado o número de dois oficiais de justiça por tribunal e um para o Ministério Público.

Estes tribunais, a que se faz referência, são aqueles que asseguram direitos, liberdades e garantias, como sempre vem acontecendo. Relativamente aos restantes tribunais, não há serviços mínimos.  

Mais, sempre que haja Oficiais de Justiça no tribunal, que não adiram à greve, independemente do lugar onde exercem funções, pois actualmente é entendimento que não há direito ao lugar, são esses colegas que garantem não só o serviço normal, mas também os serviços mínimos. 

Para melhor esclarecimento se publica AQUI o despacho do Colégio Arbitral. 

Lisboa, 2018-01-30



Mais artigos...

  1. GREVE DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA
  2. É TEMPO DE LUTAR! ADERE À GREVE, MOBILIZA
  3. PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O DIREITO À GREVE
  4. AUDIÊNCIA COM O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Destaques

 _____________________________________ 



  

AUDIÊNCIA COM O PRESIDENTE REPÚBLICA

 

 _______________________________________ 



  

 

CARTÃO DE SAÚDE - SMP

_________________________________________

 

O SOJ E O PACTO DE JUSTIÇA

 _________________________________________

Protocolo - Instituto Superior de Ciências da Educação

 

_________________________________________

PROTOCOLO COM A UNIVERSIDADE EUROPEIA

 

Últimas Notícias

 ___________________________________ 

IMPORTANTE - Protocolo com a Universidade Europeia 

 

 __________________________________

Acordo SAMS - Benefício para Sócios e Agregado Familiar

__________________________________

Proposta Estatuto dos Oficiais de Justiça

__________________________________

Projeto Portaria - Quadro dos T.A.F.

 __________________________________

Protocolo INATEL-SOJ: Beneficie de DIAS TRANQUILOS