GARANTIR A SAÚDE ÀS PESSOAS…

GARANTIR, TAMBÉM, SAÚDE AO PAÍS!

A robustez do Serviço Nacional de Saúde (SNS) é determinante para garantir a saúde das populações, conforme o comprova a realidade tangível dos factos.

Contudo, para garantirmos a “saúde” do País, no período de pós-pandemia, em que será necessário recuperarmos as empresas, garantindo direitos às pessoas, é fundamental uma Justiça credível e capaz.

Perguntamos: Você acredita que uma justiça de lapsos, que não cumpre Leis, nem a própria palavra dada, será capaz (e credível) de potenciar a recuperação do País?

Os Oficiais de Justiça também não acreditam! Estamos conscientes de que o nosso esforço e empenho, brio e zelo profissional, não são valorizados, quando assistimos ao deplorável “espectáculo” de um Ministério da Justiça torpe, incapaz de cumprir a Lei, os Direitos e os Deveres mais fundamentais, não respeitando prazos, nem o esforço de quem trabalha…

As Pessoas e Portugal

merecem uma Justiça robusta!

Publicado no jornal “Público”, dia 16.02.2021

Últimas Noticias